Higienizar alimentos e embalagens corretamente é essencial para conter a contaminação de Covid-19

Com essa nova realidade mundial, incorporar novos hábitos na rotina diária é importante para a prevenção da saúde

Os cuidados com a alimentação saudável tornaram-se mais fundamentais ainda, devido à pandemia, com a necessidade de dar mais atenção para a imunidade. Neste momento, é necessário, também, ter cautela com a higienização dos alimentos e embalagens, e manter medidas de segurança nas idas ao mercado. A coordenadora em Nutrição da Cassems, Eliana Nogueira, deixa dicas para a limpeza correta.
Eliana salienta que, com a presença de um vírus altamente infeccioso, os cuidados devem ser redobrados. “O vírus é transmitido tanto por contato humano como por superfícies contaminadas. Para evitar o contágio, é necessário higienizar alimentos e outros produtos. É possível fazer isso de maneira simples e com ingredientes acessíveis”.
Os hábitos em higiene já iniciam na escolha do alimento, de acordo com a nutricionista. “Na hora de escolher e consumir um alimento, não é só o valor nutritivo que conta. É muito importante observar as condições de higiene em que ele se encontra”.
Confiram as dicas de Eliana para as boas práticas em salubridade na alimentação:

  • Não fale, tussa ou espirre em cima dos alimentos.
  • Faça a quantia certa de comida, para evitar sobras. Quando a comida esfria em temperatura ambiente, os microrganismos se proliferam e o alimento pode estragar.
  • Toque nos alimentos sempre com as mãos limpas, apenas no momento de cozinhá-los ou de lavá-los.
  • Beba somente água filtrada ou fervida.
  • Sempre verifique o prazo de validade dos alimentos, antes de consumi-los.
  • Faça a comida perto do horário de servi-la, sempre que possível.
  • Cozinhe bem os alimentos. Carnes, aves e peixes devem ser cozidos em temperatura superior a 70 graus, para eliminar a maior parte das contaminações. Os alimentos que estiverem congelados devem ser muito bem descongelados antes de serem preparados e cozidos.
  • Lave muito bem verduras, legumes e frutas, usando sabão, gotas de água sanitária ou vinagre e água corrente, se possível filtrada ou fervida.
  • Evite consumir alimentos com aparência, textura ou cheiro estranhos.
  • Conserve os alimentos em local apropriado.

Sarah Santos
Ascom Cassems